Programa Manhã América

O lançamento do livro E a vida continua também foi assunto ontem na Rádio América. Eduardo Carlos Tavares foi ao programaManhã América, apresentado pelo jornalista Luciano Moreira. Além da nova publicação, o bate papo abordou  a dificuldade que as pessoas ainda têm para falar da morte, como conviver com a falta de um ente querido…

III Seminário Redenção – Nossa Senhora Rainha

Nos dias 28 e 29 de outubro de 2016, Gláucia Rezende Tavares e Eduardo Carlos Tavares, coordenadores do API, participaram do “!III Seminário Redenção: manter-se fiel a Cristo nas dores, perdas e lutos”, organizado pela Paróquia Nossa Senhora Rainha, em Belo Horizonte. Na conferência “API – lugar de cuidado para quem vive a dor”, apresentaram…

Participação no VI Encontro de Psicologia Hospitalar do Grupo Santa Casa

No próximo dia 22 de agosto, segunda-feira, a psicóloga Gláucia Rezende Tavares participará do IV Encontro de Psicologia Hospitalar do Grupo Santa Casa – BH com a palestra “A importância do cuidado com a família em processo de luto”. O tema do encontro é Família: coadjuvante no processo de tratamento e hospitalização? Ele aconecerá no…

Área Exclusiva dos Apoiadores API

Esta seção é reservada para os Apoiadores do API compartilharem documentos e informações.Clique no nome do arquivo para fazer o download.Quando for enviar um arquivo, é melhor que esteja sem acentuação para o nome aparecer corretamente.Qualquer dúvida envie um email para bruno@infosofia.com.br

“Só esperança e a doçura de uma lembrança” – Nyl Cícero

“Entrego ao universoAquilo que me atormentaQue não é poesiaMuito menos um versoÉ o alívio para DOR. Volto ao passadoVisitando o jardimOnde havia minha florRosas e jasmimA LEMBRANÇAFica em mim. Vejo a abelhaE o beija-florSugando a DOÇURARevelada, oferecidaPelas pétalasDe minha flor. A imaginação vai longeAtrás do desconhecidoque pode ser maravilhosoSurpreendente, insólitoAbsurdo e incrível. À medida que…

“Só esperança e a doçura de uma lembrança” – Nyl Cícero

“Entrego ao universo Aquilo que me atormenta Que não é poesia Muito menos um verso É o alívio para DOR. Volto ao passado Visitando o jardim Onde havia minha flor Rosas e jasmim A LEMBRANÇA Fica em mim. Vejo a abelha E o beija-flor Sugando a DOÇURA Revelada, oferecida Pelas pétalas De minha flor. A…

Atividade do API no Presídio Feminino em Ribeirão das Neves

No último sábado, dia 26 de março de 2016, um grupo de colaboradores do API (Apoio a Perdas Irreparáveis), liderados pela Tânia, organizou uma intervenção sócio-comunitária junto às presas do Presídio Feminino José Abranches Gonçalves, localizado em Ribeirão das Neves, município da Região Metropolitana da Belo Horizonte. Inicialmente, os apoiadores do API se reuniram com…